top of page
curso audiência de instrução e julgamento criminal

TREINAMENTO 

AUDIÊNCIA DE INSTRUÇÃO E JULGAMENTO CRIMINLAL:

tudo que você precisa saber na prática para atuar com segurança.

Buscar

Qual o momento para contraditar uma testemunha?

Neste artigo falar sobre o momento correto para contraditar uma testemunha durante a audiência de instrução e julgamento criminal.

 
contraditar uma testemunha

O art. 214 do CPP deixa claro o momento que você deve contraditar a testemunha, o que deve ser feito ANTES DE INICIAR O DEPOIMENTO.


Assim, quando a testemunha for apregoada para prestar o seu depoimento, você como advogado deverá se manifestar:


- PELA ORDEM EXCELÊNCIA;

- GOSTARIA DE CONTRADITAR A TESTEMUNHA.


E na sequencia apresentar os seus fundamentos da contradita.


Caso você deixe passar esse momento, a questão será considerada como preclusa, não podendo você fazer a contradita, muito menos alegar nulidade futura.


Feita a contradita, o magistrado deverá ouvir o depoente sobre a questão levantada (instaurando um mini contraditório), para dai sim decidir se defere ou não a contradita.


 

Esse tema e muitos outros são tratados em profundidade no treinamento destacado abaixo.

curso audiência criminal como contraditar testemunha
 

Assim, conforme destacado abaixo, o momento processual adequado para contraditar uma testemunha é na audiência de instrução e julgamento, antes da testemunha iniciar o seu depoimento, sob pena da matéria precluir.

 
 

Luiz Ricardo Flores é advogado criminalista e mentor de advogados iniciantes.

43 visualizações

Komentáře


bottom of page