top of page
curso audiência de instrução e julgamento criminal

TREINAMENTO 

AUDIÊNCIA DE INSTRUÇÃO E JULGAMENTO CRIMINLAL:

tudo que você precisa saber na prática para atuar com segurança.

Buscar

Quanto cobrar de honorários advocatícios

Atualizado: 28 de mar.

Neste artigo vamos abordar uma dúvida comum e pertinente dos advogados iniciantes que é quanto cobrar de honorários advocatícios.

 
Quanto cobrar de honorários advocatícios

Essa é uma dúvida comum entre os advogados iniciantes que é:


  • Quanto cobrar de honorários advocatícios.


Essa é uma questão muito complexa, pois cada caso é um caso e cada processo tem as suas particularidades.


Importante para o advogado iniciante não ser conhecido como o barato da cidade, até porque, muitas vezes as pessoas acabam associando o valor baixo dos honorários com a baixa qualidade dos serviços prestados.


Então, dentro da sua realidade (principalmente posição geográfica), é importante que você sempre tenha como base a tabela de honorários fixadas pela OAB.


Sei que às vezes é difícil seguir a tabela, principalmente em cidades menores e do interior, contudo, estar sempre próxima dela é muito importante para você e para a advocacia em geral.


Assim, quando você for fazer uma proposta de honorários você pode partir do valor sugerido pela tabela, sendo que posteriormente com base nas particularidades do caso você pode ir se afastando desse valor, observando situações como:


  • Volume do processo;

  • Local onde o trabalho vai ser prestado;

  • Se você vai ter que atender uma pessoa somente ou se no polo ativo ou passivo ou vão ser mais de uma, ou mais de um acusado;

  • Nos casos criminais se o cliente está preso (porque você vai ter que ir algumas vezes no presídio) ou solto;

  • Qual fase o processo está;

  • Se você vai ter que fazer algum pedido emergencial (habeas corpus; Liminar, etc);

  • Se vai ter que fazer algum algum recurso emergencial (Agravo; recurso em sentido estrito; etc);

  • Se vai ter que fazer diligência ou a parte já vai te trazer toda a documentação.


Enfim, esses são alguns pontos que que você deve estar atento, mas, cada caso é um caso e com a prática você vai pegando o jeito.  


Lembrando, também, que a tabela é uma sugestão de valor mínimo a ser cobrado, o máximo fica a critério das qualidades do seu serviço de cada advogado.


Quanto cobrar de honorários advocatícios

HORA DO CHORO


É comum depois de você passar o valor dos honorários, o possível cliente “chorar” para ter uma redução no valor cobrado.


Costumo dizer que depois de lançado o valor você deve ao máximo evitar reduzir esse valor, pode acontecer, mas, evite.


Tente entender o seu futuro cliente e, talvez, tente fazer um parcelamento, ou uma entrada menor, seja franco e pergunte para ele:


  • Não estou dizendo que vou fazer nas condições que o senhor quer, mas me diga, o que ficaria bom pra você?


Como eu disse, não quer dizer que você vá ceder integralmente aos desejo do cliente, mas, pode ser que o que ele precise seja algo que você consiga atender, nada absurdo.


Assim, um pequeno ajuste pode ficar bom para os dois e você fechar mais um cliente. 


Mas evite ao máximo reduzir o valor dos honorários, isso para evitar que o cliente fique “chorando” mais descontos ou que ele tenha a impressão de que pode te apertar mais.


Também evite entrar na guerra de preços:


  •  O Dr. Fulano cobrou menos.


Neste caso, tente mostrar o seu diferencial, o que você tem de melhor do que o seu concorrente (sem falar mal dele lógico).


Falar mal do concorrente vai parecer que você não tem nada de melhor e resolveu apelar para o tudo ou nada. Dependendo do cliente, esta atitude vai acabar ajudando ele a fechar com  seu concorrente.


mentoria Quanto cobrar de honorários advocatícios

Então, cuidado com essa triste prática adotada por muitos advogados.


Assim, como visto, para você estipular os seus honorários vai depender muito das particularidades de cada caso, mas, um bom norte a ser seguido é a tabela de honorários da OAB.


Caso você esteja iniciando na advocacia criminal e tenha essa e outras dúvidas, te convido para conhecer a minha Mentoria Direito na Prática.




 
 

Luiz Ricardo Flores é advogado criminalista e mentor de advogados iniciantes.

Comentários


bottom of page